Ansiedade

Ansiedade

Como controlar a ansiedade? Esta é uma pergunta que todos já se fizeram pelo menos uma vez na vida. O grande desafio é lidar com a ansiedade quando ela representa um transtorno mental.

De forma geral, os principais sintomas de ansiedade grave, ou de um transtorno de ansiedade, são o medo ou a ansiedade excessiva diante de situações ou objetos, que persistem além do considerado apropriado (mais de seis meses) e geram pensamentos e comportamentos específicos de evitação.

Os transtornos de ansiedade mais comuns apresentam as seguintes características:

 

  • Transtorno de Ansiedade Generalizada

O Transtorno de Ansiedade Generalizada, o TAG, é marcado pela ansiedade e preocupação persistente e excessiva sobre diversas áreas da vida. É comum a pessoa relatar que não consegue controlar seus pensamentos, que se sente inquieta, cansada, sem concentração, irritada, tensa e com problemas para dormir.  

  • Transtorno de Pânico

No Transtorno de Pânico a pessoa vive ataques de pânico inesperados e recorrentes. Estes ataques podem surgir diante de um objeto ou situação específica ou acontecer sem uma razão aparente. São caracterizados por um medo ou desconforto intenso somado à sintomas físicos e cognitivos (pensamentos).

  • Fobia Específica

A Fobia Específica é o medo intenso diante de um objeto ou situação específica, como um animal específico, sangue, injeção, entre outros. Este medo gera uma apreensão que faz com que apessoa evite o objeto ou situação que teme.

  • Transtorno de Ansiedade Social (Fobia Social)

Na Fobia Social o indivíduo apresenta um medo ou ansiedade intensa diante de situações sociais que possa ser avaliado (se apresentar, dar uma aula, comer em público, entre outras), o que faz com que evite estas situações. A pessoa teme ser humilhada, rejeitada, se comportar inadequadamente, entre outros pensamentos negativos.

  • Agorafobia

Na Agorafobia a pessoa sente um temor ou ansiedade excessiva diante de situações como: usar transporte público, estar em espaços abertos, estar em lugares fechados, ficar em uma fila, estar no meio de uma multidão, entre outras. Os pensamentos característicos são de que “pode ser difícil escapar” ou de que “pode não haver ajuda se passar mal”, e por isso o indivíduo evita estas situações ou precisa de companhia.

 

Muitas pessoas querem um remédio para ansiedade, ansiolíticos ou antidepressivos. Em alguns casos é necessário sim o tratamento medicamentoso, porém é essencial a avaliação do profissional psiquiatra, que deve sugerir o melhor tratamento para o caso específico. Muito importante a associação do tratamento psiquiátrico com psicoterapia para maior eficácia.

Agende aqui uma avaliação com psiquiatra para o tratamento da ansiedade.

 

Quer saber mais sobre ansiedade?

Leia aqui nossos artigos sobre ansiedade!

Assista aos nossos vídeos sobre ansiedade no Youtube!